3ª Maratona do Sinfonia dos Livros - Resultados

By : Vera Neves
Bom dia, bom dia a todos!

Querem saber quais as três equipas que ficaram no pódio nesta 3ª Sinfonia dos Livros?

Aqui ficam os resultados:



 







No total de todas as equipas participantes foram lidas 90248 páginas!
É muitaaaaaa página pessoal!

Parabéns aos três primeiros lugares e parabéns a todas as restantes equipas que tenho a certeza que gostaram de participar e que se divertiram bastante!!

Até à próxima!!

Opinião "Aqui e Agora" - Ann Brashares

By : Vera Neves
23125863
Seguir as regras.
Lembrar-me do que aconteceu.
Nunca me apaixonar.

O mundo de onde vim está em ruínas. 
Estamos aqui para evitar a destruição da humanidade.
Mas se não seguirmos As Regras, tudo o que é importante desaparecerá:
Amigos. Famílias. Sonhos. Amor.
O Ethan não pode nunca descobrir o meu segredo.
Que não vim de outro lugar.
Que vim de um outro tempo

Prenna James é uma jovem de dezassete anos que imigrou para Nova Iorque quando tinha doze. Só que Prenna não chegou a Nova Iorque vinda de outro país… ela veio de outro tempo, de um futuro onde uma doença transmitida através de mosquitos se tornou uma pandemia arrasadora que deixou o mundo em ruínas. Prenna e as outras pessoas que conseguiram escapar são obrigadas a seguir um conjunto de regras muito rígido: nunca revelar de onde são, nunca interferir com o curso da história e nunca, em circunstância alguma, estabelecer uma relação mais íntima com alguém que não faça parte da comunidade. Prenna faz tudo como lhe dizem, acreditando que está a ajudar a prevenir os problemas que um dia vão assolar o planeta. Mas tudo isso irá mudar no dia em que Prenna conhece Ethan Jarves…Emocionante e arrebatador, Aqui e Agora é um romance que lança um olhar sobre um amor impossível e a oportunidade de mudar o futuro.

*Pode Conter Spoilers*

Antes de mais agradecer à Editorial Presença por me ter cedido este livro fantástico e dar os parabéns pela escolha da capa que protege páginas que contém uma história tão *deliciosa*.
Tenho de ser sincera e admitir que estava um pouco de "pé atrás" com este livro. E porquê? Porque soava-me muito "futurista". Viagens no tempo? Nativos do Tempo? Regras? Conselheiros? Estava-me tudo a parecer muito fora da minha onda. No entanto, também tenho de dar a mão à palmatória e ceder no que diz respeito a este livro e a esta história em particular. Foram páginas que me prenderam do principio ao fim e não me arrependo nada do tempo que investi a ler estas "aventuras" de Prenna e Ethan.
Quem são estas personagens? Prenna tem 17 anos e é tão e somente a jovem que chega ao passado, ao ano de 2010 com 12 anos, vinda do futuro. Um futuro condenado pelas condições climáticas insustentáveis, pela doenças que matam tudo e todos de uma maneira abominável. Portanto, não há outra maneira senão tentar regressar ao passado e de certa maneira, tentar impedir que a Terra se transforme num planeta vazio e caótico. É uma jovem que perdeu demasiado no futuro e que questiona tudo e todos os viajantes do tempo que a acompanharam e que agora não fazem mais do que impor regras. Com Ethan ela aprendeu que as regras existem para ser quebradas, tanto no jogo como na vida. Ao falar de Prenna, não podia certamente deixar de falar de Ethan, um jovem que adora Física devido a um acontecimento que assistiu em 2010, 4 anos atrás. É um rapaz inteligente, simpático, popular entre os amigos e de sorriso fácil. Muito rapidamente se torna amigo de Prenna, por saber que aquela é a rapariga que lhe mudou a vida há 4 anos atrás.
Sendo Prenna uma rapariga inteligente e astuta rapidamente ela percebe que afinal a sua comunidade de viajantes não pretende de maneira nenhuma fazer o necessário para um futuro melhor e sim aproveitar o presente/passado para seu próprio benefício.
Era mais que certo que ia haver um amor entre Prenna e Ethan, mas enganam-se se pensam que é aquele tipo de amor lamechas e juvenil. É um amor mais maduro e mais forte do que muitos que existe entre pessoas muito mais velhas. É um amor cheio de entendimento e de sacrifícios.
Ao ir lendo este pequeno livro, dei-me conta de que se calhar, não estamos muito longe do que poderá vir a acontecer mesmo no futuro real. A consciencialização para o mal que o Ser Humano está a provocar ao Planeta é necessária e acho que está bem impressa nas páginas deste livro. É uma mensagem de que o futuro depende do que fizermos no passado/presente, e a meu ver, o que estamos a fazer só está a ir de encontro a um futuro tenebroso e caótico.

Abram os olhos e protejam o que temos de mais precioso!


Novidades - Nova Imagem Do Sinfonia dos Livros

By : Vera Neves
Bom dia a todos!

Nada melhor do que começar o dia falando-vos de novidades boas e fresquinhas!

E quais são? 
Bem, como alguns já repararam, o blogue tem uma nova imagem de apresentação e um novo template. Quem me ajudou? Mais uma vez tenho de agradecer à minha querida amiga Ivonne do Epifania de Letras que teve uma trabalheira na mudança de template do blogue. Deixo aqui o meu grande agradecimento do fundo do coração.
Tenho também de agradecer à minha querida Raquel Leite do Readings Sunshine que elaborou uma imagem fantástica para celebrar o 2º Aniversário do Sinfonia dos Livros já no próximo dia 24 de Setembro!
 

Agora, também com a Raquel lembrei-me de arranjar uns mimos referentes ao blogue. Assim ela lá misturou uns pózinhos, abanou a varinha mágica e *PUFF! Fez-se Chocapic* .. Nasceram estes marcadores de páginas que (modéstia à parte) ficaram lindíssimos!

Como se não bastasse, a minha querida amiga de longa data Helga Rosa, colaboradora no já tão conhecido e inconfundível Crónicas de Uma Leitora, resolveu surpreender-me e pediu, também à Raquel que me enviasse (sem eu saber, malandrecas), estas maravilhas...

Como as vou distribuir? Isso agora... logo se vê! Fiquem atentos!

A partir do dia 24 vamos ter, pelo menos,  4 (quatro) passatempos. Um da Editorial Presença, um da Saída de Emergência, um da Quinta Essência e um patrocinado pela Raquel que me enviou dois packs de marcadores de livros absolutamente *deliciosos*... 

Ainda querem mais? Ui, ui... vou ter de pensar num passatempo adicional ... 
Além disso, a rubrica "Escangalhar a Cena Toda 1x Por Semana vai regressar já no próximo dia 22 de Setembro. Contentes? Espero que sim!

Espero que as mudanças vos agradem e que consiga chamar mais seguidores e mais boas iniciativas com muitos participantes!

Até breve!

Tag : , ,

Opinião "O Abraço da Noite" - Sherrilyn Kenyon

By : Vera Neves
O Abraço da Noite (Predador da Noite, #3)«Querida leitora
A vida para mim é óptima. Tenho o meu café de Chicória, o meu beignet quente e o meu melhor amigo ao telemóvel. Depois de o sol se pôr, sou a pior coisa que percorre a noite: comando os elementos e não conheço o medo. Durante séculos, protegi os inocentes e tomei conta da humanidade, assegurando-me de que estão seguros a salvo num mundo em que nunca nada é certo. Tudo o que quero em troca é uma miúda gira num vestido vermelho, que não queira mais nada de mim para além de uma noite. Em vez disso, sou atropelado por um carro alegórico de Carnaval que me tenta transformar num animal morto à beira da estrada e conheço uma mulher que me quer salvar a vida mas não se consegue lembrar onde me pôs as calças. Vibrante e extravagante, Sunshine Runningwolf deveria ser a mulher perfeita para mim. Não quer nada mais do que esta noite, sem laços, sem compromissos a longo prazo. 
Mas, sempre que olho para ela, começo a desejar concretizar sonhos que enterrei séculos atrás. Com os seus modos pouco convencionais e a sua capacidade para me surpreender, Sunshine é a única pessoa de que preciso. Mas amá-la significaria a sua morte. Fui amaldiçoado e nunca poderei conhecer a paz ou a felicidade, não enquanto o meu inimigo espera na noite para nos destruir a ambos.»
Talon dos Morrigantes


*Pode Conter Spoilers*

E cá estou eu novamente com mais uma das minhas opiniões. Acho que esta saga dispensa apresentações. Já toda a gente conhece e quem ainda não leu, certamente que já ouviu falar e está com a pulga atrás da orelha para começar a ler. 
Este é sobre Talon, um antigo guerreiro Celta que no passado perdeu tudo e todos mais uma vez por conta de uma traição e teve também a sua morte. E quem ele perdeu? A mãe, a irmã, os tios, a esposa e o filho recém-nascido, por conta de uma maldição de Camulus, o Deus da Guerra (que conveniente). A maldição dizia que todos os que ele viesse a amar seriam mortos de uma maneira ou de outra. É aí que novamente entra Artémis com a sua forma de resgatar Predadores da Noite. Fica com a alma de Talon, deixa-o ter a sua vingança e depois manda-o para Acheron, para o poder ensinar como ser um Predador da Noite e a encerrar todas as suas emoções. Muitos séculos se passaram até Talon, agora um dos favoritos de Acheron, conhecer Sunshine, a mulher que o faria reviver todas as dores, todo o amor que outrora sentiu por Nynia (a sua amada esposa). Sunshine é o oposto de todas as mulheres que ele já conheceu através dos tempos e sem saber como ou porquê, Talon vê-se enredado por ela de tal maneira que quando a vê, lembra-se de Nynia. Sunshine é, nada mais nada menos do que a sua verdadeira alma gémea e também ela sente que já o conhece de há muito tempo atrás, de uma outra vida. Sunshine é artista e como tal, tem uma alma sensível mas forte. Quando sabe na realidade o que está a acontecer entre ela e Talon, lutará até às últimas consequências para o salvar tanto de Camulus, como de Artémis que detém a alma dele.
Para além de tudo isso, ficamos a saber muito sobre Acheron e sobre parte do que se possa ter passado com ele há onze mil anos atrás. Conhecemos também o seu irmão Stixx e Zarek é um predador da noite que me fez ficar muito, mas muito curiosa. Temos também a introdução dos lobos, Vane e Fang os dois irmãos que estão em Nova Orleães para proteger as fêmeas prenhas da sua matilha. Serão de extrema importância no decorrer do salvamento de Talon e Sunshine. E ainda, à parte de tudo isso temos as cenas de humor que são absolutamente hilariantes, quem leu sabe muito bem disso, pois temos a famosa cena da toalha cor-de-rosa que é mencionada algumas vezes ao longo do livro. As cenas de sexo... bem... digamos que são... mesmo *calientes* sem roçar sequer o pornográfico. Calor quanto baste.
Gostei imenso da forma como as personagens foram-se desenvolvendo ao longo das páginas e adorei o facto de Zarek se calhar não ser o "monstro" frio e cruel que toda a gente diz que ele é. Estou curiosa com ele... tenho dito!




Opinião "Começar de Novo" de Nora Roberts

By : Vera Neves
Chancela: Chá das Cinco
Data 1ª Edição: 08/08/2014
ISBN: 9789897101106
Dimensões: [160x230]mm
Encadernação: Capa Mole

Uma história sobre deixar tudo para trás, desvendar segredos antigos e aprender a amar 

Cilla McGowan, uma típica rapariga da cidade, encontrou uma vida nova na restauração de casas antigas. Quando chega ao maravilhoso vale Shenandoah, na Virgínia, dedica-se salvar a velha quinta que pertenceu à sua avó – uma atriz lendária que morreu há mais de trinta anos. 

Cilla mergulha no projeto com todas as suas energias, ocupada e exausta demais para notar no seu vizinho, o artista de BD, Ford Sawyer. Determinada a não ceder à tradição familiar dos romances falhados, Cilla resiste ao charme de Ford, mesmo quando não consegue evitar algumas fantasias. 

Mas a realidade reserva alguns perigos para Cilla. Ao encontrar cartas anónimas no sótão, que apontam para um romance misterioso na vida da sua avó, despoleta um assalto violento. Cilla, com a ajuda de Ford, descobre que há segredos que a tornam um alvo a abater e, se quer evitar desaparecer prematuramente como a sua avó, terá que desvendar o passado para, quem sabe, começar de novo na casa dos seus sonhos…

*Pode Conter Spoilers*

Antes de mais quero agradecer à Saída de Emergência (Chá das Cinco) a oportunidade que me deu de ler este livro *delicioso*. Nunca é demais agradecer o apoio que dão ao Sinfonia dos Livros sempre que lhes peço.

Agora a opinião: Começo esta opinião de uma maneira muito simples. O livro e a história que compõem as suas páginas é absolutamente maravilhoso. Como tem sido habitual Nora Roberts apresenta-nos um romance cativante, ternurento e cheio de desafios. A história central prende-se na renovação de uma casa de "campo" que havia pertencido à avó de Cilla que morrera trinta anos atrás, ao que tudo indicava porque tinha decidido pôr um fim à própria vida aos trinta e nove anos. Tal como a própria avó, também Cilla nos seus tempos de criança/adolescente foi uma actriz famosa e sabendo que aquele não era de todo o seu modo de vida escolhido, decide abandonar e dedicar-se à restauração de pequenas casas abandonadas. É exactamente no acto de renovação da casa da avó que ela conhece o vizinho excêntrico nos seus modos e pensamentos que mora mesmo do outro lado da estrada. 
Ford e Cilla vão constituir, à sua maneira, um dos casais mais espantosamente românticos que já tive o prazer de conhecer. Aos poucos ele (e Spock o seu cão estranho e feio e também muito ternurento) vai conquistar o seu lugar no coração de Cilla, com pequenos gestos, pequenas conversas, com o seu jeito diferente de ser e de a tratar. Cilla foi aos poucos vai ser conquistada por aquele vizinho algo preso ainda na criança que toda a gente diz que temos dentro de nós. O sorriso fácil e as conversas simples que eles tinham constantemente sempre que ela precisava dele. Não me surpreendeu que ele acabasse por amá-la e ela a ele e muito menos me surpreendeu a maneira como ele fez o pedido de casamento. Único, irresistivelmente desajeitado e totalmente fantástico. Adorei conhecer este casal, ri-me imenso com eles porque eles são mesmo das personagens mais apaixonadamente divertidas que já tive o grande prazer de conhecer. Sabem aqueles casais melosos que chega a uma certa altura e já não os podemos aturar de tão derretidos que são?! Pooooooois... Ford e Cilla são exactamente o contrário. Adoram-se e isto está à vista de qualquer um que os conhece e é isso que faz com que nos apaixonemos por eles irremediavelmente. Mas não aquele tipo de adoração com beijinhos e miminhos e "querida para aqui" e "querido para ali". É uma relação cheia de desafios e de obstáculos interiores que cada um deles os dois vai ter de aprender a lidar. Nora Roberts foi inteligente ao ponto de os fazer parecer mais como amigos de longa data do que amantes, além disso, não os colocou logo numa cama a *fornicar* como coelhinhos, algo *fresco* nos dias de hoje. Ford deu-lhe tempo e deixou-a perfeitamente à vontade em relação a isso. Mais uma coisa que adorei entre eles os dois foi a abertura e a franqueza com que se dirigiam um ao outro. Ele não tinha qualquer problema em dizer-lhe que queria levá-la para a cama e ela respondia-lhe muito sinceramente que não pensava em mais nada a não ser em "saltar-lhe em cima até ao outro dia de manhã". Nada de subterfúgios, conversas paralelas e significados entrelinhas. 
Em relação às restantes personagens, gostei imenso dos amigos de Ford que trabalhavam na renovação da casa de Cilla, são daquele tipo de amigos que nos fazem sentir queridos e amados. Adorei toda a interacção entre as pessoas que de uma maneira ou de outra faziam parte da vida dele e que se misturaram, ao logo da história, com as pessoas que faziam parte da vida dela. O mais engraçado é que todas estas pessoas acabam por formar o círculo de amigos/vizinhos que se preocupam uns com os outros. Deve ser bom viver numa comunidade assim.
A par do romance entre Ford e Cilla, Nora Roberts provavelmente não conseguiu evitar de adaptar um dos seus mistérios a esta história. A introdução de cartas de amor trocadas entre a avó de Cilla e um amante mistério, juntamente com todos os atentados à vida de Cilla desde que ela se mudara para a casa da avó, perfazem o mistério perfeito para chegar a uma conclusão. Terá mesmo a avó de Cilla ter posto termo à própria vida? Ou será que alguém o quis assim fazer parecer?! Pois... isso não vos digo... terão de ler para perceber tudo!!



- Copyright © Sinfonia dos Livros - Date A Live - Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -